TDC 2019
Florianópolis
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Testes Qualidade é uma responsabilidade de todos!

Como essa frase representa o momento atual da área de testes e porque todos os profissionais da área de desenvolvimento de software podem e devem se preocupar com qualidade?

Esta e outras perguntas serão respondidas na trilha de testes deste ano, que visa promover o debate sobre quais as novas tendências, mindsets e tecnologias desta área com tantas possibilidades.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 Game Test Strategy - Não é só... "ser pago para Testar Video Games"
Samuel Elias Bravo Lopez

Ser testador de jogos parece o trabalho dos sonhos; A final, quem não gostaria de ficar jogando vídeo game durante o expediente e além disso, ser pago por isso. Nesta palestra abordaremos as principais estratégias de testes utilizadas na Black River Studios. Estratégias de testes de jogos para Realidade Virtual e Aumentada, Automação de testes para Games, Performance e outras estratégias e habilidades que os testadores de jogos adquiriram durante estes últimos 5 anos deste estúdio de games, situado no meio do Amazonas em Manaus.

O papel do QA com o Tsunami da Automação: O kit de sobrevivência para entregas de qualidade
Luan Linares / Jonathan da Silva Alves
Nos últimos anos a automação surgiu como um Tsunami na vida de muitos QA's e Testers. Porém, somente a automação não certifica a qualidade da sua entrega, há uma série de fatores a serem trabalhados para garantir que um profissional de QA possa iniciar na automação de forma segura e inteligente. É sobre esses fatores que iremos tratar em nossa apresentação, orientando profissionais que ainda não entraram na onda da automação e até mesmo os que já o fazem, mas que necessitam de um suporte na parte conceitual de testes e qualidade de software, pois um automatizador sem visão de QA só irá criar uma automação com BUGS.
11:10 às 12:00 Karatê DSL - Automatizando testes de API de forma simples
Samuel Lucas
Já imaginou poder desenvolver seus testes de API utilizando a sintaxe do Cucumber? Recentemente tive a oportunidade de utilizar o Karatê DSL para automatizar os testes de API em um projeto. Nesta palestra, irei compartilhar como foi a minha experiência utilizando esta DSL desenvolvida em Java com a missão de simplificar o desenvolvimento de testes automatizados de APIs REST e SOAP, e que possui relatórios em html, sintaxe simples e diversas funcionalidades.
Primeiros passos para aplicação da ferramenta Zalenium integrado ao C# para Execução de Testes auto escaláveis
Luís Aguirre / Raone Costa

O provisionamento de Máquinas Virtuais para execução de Testes Funcionais e Automatizados no pipeline de Integração Contínua é um desafio rotineiro no cenário de trabalho de muitas empresas que trabalham com Qualidade de Software. Entre os principais problemas estão: o limite de execuções simultâneas, e a necessidade de manutenções nas Máquinas Virtuais. Neste sentido a utilização da ferramenta Zalenium elimina esse problema, por meio de Containers auto escaláveis que se ajustam de acordo com a demanda de execução de testes. O principal ganho dessa abordagem é permitir que os responsáveis pela qualidade se preocupem apenas com a escrita e manutenção dos scripts automatizados e não com o env

12:00 às 13:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
13:10 às 14:00 Report Portal: Inteligência Artificial e relatórios FTW!
Ramses Almeida

A automação de testes sempre gera um relatório ou log (ou deveria?), e cabe ao time analisar e gerar entregáveis sobre essas informações. Mas e se fosse possível agregar isso em um local, podendo ensinar a classificar os problemas encontrados? E ao invés de se preocupar nessa análise, apenas acompanhar? É nisso que se baseia o Report Portal, um projeto open source, dividido em micro-serviços e agentes para ter suporte aos frameworks de teste mais utilizados. Nessa palestra irei falar sobre a ferramenta, e como configurar e utilizar em um projeto.

5 dicas para melhorar a legibilidade de código dos testes automáticos
Ariane Izac / Alessandra Kajihara
Pensar em legibilidade vai além de ter simplesmente um código bonito, limpo e elegante. É otimizar seu entendimento, refactoring e, por que não, a confiança que tenho nele. A ideia é trazer 5 dicas que deixarão seu código mais claro e efetivo, baseadas em exemplos de construções ruins, mostrando como isso dificulta a leitura e refactoring\manutenção dos testes automáticos.
14:10 às 15:00 Construa testes efetivos através do princípio F.I.R.S.T
Elder Moraes
?Escrever testes? Pra quê?! Coloca em produção que a gente entra lá e testa na mão mesmo!? Certamente você já ouviu isso, e provavelmente mais de uma vez. A verdade é que, se talvez seja caro escrever testes, pode ser ainda mais caro não fazê-lo. Pior do que isso, só quando se escreve testes ruins. Nesta sessão falaremos sobre a abordagem F.I.R.S.T para construção de testes. Com ela você vai escrever testes que realmente fazem sentido, e elevar os resultados do seu projeto a outro nível. Junte-se a esse bate papo e crie os melhores testes da sua vida ainda hoje.
15:00 às 15:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de coffee-break, serão entregues kits contendo suco e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

15:40 às 16:30 Bombardeando sua API: Testes de performance com o Locust
Élysson Mendes Rezende

Sua API aguenta pressão? E agora? Descubra os pontos fracos da sua APi e a torne poderosa para as batalhas em produção! Vamos apresenta o Locust, uma ferramenta para testes de performance que trás a simplicidade e o poder do Python para bombardear a sua API com testes de performance, carga e estresse.

Teste de Mutação: O que o Code Coverage não mostra, os Mutants descobrem.
Lucas Leandro
O Code Coverage (cobertura de código) é comumente usado como métrica para definir a qualidade dos testes da sua aplicação. Mas quando se trata de métodos complexos e situaç?es atípicas, provavelmente ele não te mostra a real eficácia dos seus testes. Vou mostrar o que é essa técnica e como usa-lá para remover testes inúteis e melhorar os existentes.
16:40 às 17:30 Game of Bugs - Entregando com qualidade
Fabrice Nunes

O QA, assim como os Homens sem Rosto, precisam se desfazer dos sentimentos para assumirem múltiplos papéis e cumprirem a sua missão. Assim como a Daneerys, o QA precisa aprender a lidar com seus dragões, pois apesar de serem difíceis e capazes de destruir todo o projeto são também uma paixão e um grande trunfo para cumprir a missão. Juntos vamos desvendar o jogo dos bugs, os múltiplos papéis do QA no projeto e seus skills para uma entrega com qualidade.

Testes End2End, tempo e paralelismo utilizando Docker
Daniel Nascimento / Bruna Nicole do Nascimento Gonçalves

Os testes End2End, considerados como uma jornada completa do conjunto dos testes funcionais, são extremamente lentos pelo nível de verbosidade e pelo lugar que ocupa na pirâmide de teste. Nesse sentido, afim de permitir paralelismo entre as invocações destes testes em cada build, utilizar um mecanismo de isolamento através de containers do Docker ajuda a paralelizar e reduzir tempo. Nesta palestra vamos falar um pouco como fazer isso.

17:40 às 18:30 Automação em API REST - do Health check a Aceitação com a API do TDC
Elias Nogueira
Com a onde de microserviços tomando conta do desenvolvimento de software efetuar testes para APIs é essencial e mais prioritário do que uma automação web. Mas será que você aplica uma boa cobertura de testes nas APIs? Venha ver uma demonstração de automação de testes para a API do TDC passando por testes de health check, contrato, funcional e aceitação.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia, muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Sexta-feira, 26 de Abril de 2019

10 às 19 h

CentroSul

Av. Governador Gustavo Richard, 850
Centro | Florianópolis - SC

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

Estudantes e profissionais da área de desenvolvimento de software que se preocupam com qualidade e querem aprimorar seus conhecimentos em testes de software.


Investimento

presencial:R$ 290,00

Fazendo sua inscrição presencial, você terá acesso a esta trilha e no mesmo dia também:
TDC Expo: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Trilha Carreiras: Você poderá assistir às palestras da trilha Carreiras do mesmo dia.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium do mesmo dia.


Palestrantes desta trilha

Alessandra Kajihara
Alessandra Kajihara
Matera Systems
Ariane Izac
Ariane Izac
MATERA Systems
Daniel Nascimento
Daniel Nascimento
ThoughtWorks
Ramses Almeida
Ramses Almeida
PayCertify
Samuel Elias Bravo Lopez
Samuel Elias Bravo Lopez
http://www.sidia.org.br/
Samuel Lucas
Samuel Lucas
CWI Software

Patrocinadores

Diamond





Patrocinios e Apoios Trilha e Workshop


Programa +Diversidade

TDCOnline


Realização

Internet